Jornal da Ordem
Rádio OABRS
Twitter
Facebook
Instagram
Flickr
YouTube
spotfy
RSS
NOTÍCIAS

27.04.18  |  11h53   

V Colégio de Presidentes de Subseções: OAB/RS deverá criar campanha para que honorários dos advogados correspondentes sejam respeitados

Foto: Vanessa Schneider - OAB/RS

Foto: Vanessa Schneider - OAB/RS

Foto: Vanessa Schneider - OAB/RS

Foto: Vanessa Schneider - OAB/RS

Foto: Vanessa Schneider - OAB/RS

Foto: Vanessa Schneider - OAB/RS

Foto: Vanessa Schneider - OAB/RS

Após a inclusão da criação de uma categoria, na tabela de honorários da OAB/RS, para tratar exclusivamente da realização de diligências e dos advogados correspondentes, uma nova medida deverá ser adotada pela Ordem gaúcha. Muitos colegas ainda remuneram com baixos valores os correspondentes – há relatos de audiências sendo realizadas por R$ 20,00 ou R$ 30,00 – e “existe a necessidade de difundir a criação da nova categoria”, sugestão feita pelo presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, e aprovada pelo Conselho Pleno da OAB/RS em 23 de fevereiro de 2018.

Essa pauta dos advogados correspondentes foi debatida no V Colégio de Presidentes de Subseções – Gestão 2016/2018, realizado na CIC de Caxias do Sul. A pauta foi apresentada pelo presidente da Subseção de Farroupilha, Rafael Gustavo Portollan Colloda. Ele representou também as Subseções de Bento Gonçalves, Bom Jesus, Canela/Gramado, Caxias do Sul, Garibaldi, Guaporé, Igrejinha, Lagoa Vermelha, Nova Petrópolis, Nova Prata, São Sebastião do Caí, Taquara, Vacaria e Veranópolis. O assunto dos advogados correspondentes também foi abordado pela presidente em exercício da Subseção de Santo Ângelo, Leda Regina Moraes Roberto, e pelo presidente da Subseção de Santa Rosa, Gilberto Kieling.

O presidente da Subseção de Farroupilha elogiou a agilidade do Conselho Pleno da OAB/RS em atender a demanda sugerida no Colégio de Presidentes ainda no ano passado. “Houve coragem da entidade para enfrentar esse tema. É uma pauta que atinge a maioria da categoria, principalmente os jovens advogados”, destacou Rafael Gustavo Portollan Colloda.

A presidente da OAB Lajeado, Alessandra Glufke, comentou a necessidade de se criar um canal de comunicação oficial para o envio de materiais e documentos, registrando propostas indecentes. “Nem todas essas propostas chegam por advogados ou escritórios de advocacia, mas vêm de algumas empresas. E aí nem sempre a OAB consegue atuar”, destacou Alessandra.

O presidente da Ordem gaúcha, Ricardo Breier, destacou que a inclusão da nova categoria na tabela de honorários foi uma conquista para a advocacia. Ele ressaltou que o próximo passo é trabalhar a mudança cultural e de percepção de parte da categoria: “Vamos criar uma campanha de conscientização, de valorização do trabalho do colega. Precisamos construir essa consciência de remunerar de forma justa o trabalho prestado como advogado correspondente”, destacou.

REDES SOCIAIS E FEED
RSS
spotfy
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RECEBA INFORMAÇÕES
e-mail
Whatsapp
JORNAL DA ORDEM
Jornal da Ordem
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1800
Rua Washington Luiz, 1110 - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS
© Copyright 2019 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize