“É responsabilidade da OAB/RS seguir valorizando a jovem advocacia”, defende Ricardo Breier em evento da CEJA Canoas


06.06.18

Nem a baixa temperatura – 8 graus em Canoas – afastou o público do evento “Bate-Papo com o presidente Ricardo Breier e a Jovem Advocacia”. O encontro, realizado na noite desta quarta-feira (6), no Piquete Loucos pela Tradição, no Parque Eduardo Gomes, atraiu cerca de 45 advogados de municípios da Grande Porto Alegre. No encontro, o presidente da Ordem gaúcha reafirmou seu compromisso com os profissionais em início de carreira. “É responsabilidade da OAB/RS seguir valorizando a jovem advocacia”, destacou Breier.

O evento, promovido pela Comissão Especial do Jovem Advogado (CEJA) da OAB Subseção Canoas, também reuniu advogados de Porto Alegre, Nova Santa Rita, Esteio, Viamão, Alvorada e Novo Hamburgo. “Temos de agradecer a disponibilidade do presidente. Ficamos honrados em saber do ineditismo desse evento, que deverá ser realizado em outras subseções”, destacou a presidente da CEJA Canoas, Fabiane Xavier.

A disposição de Breier para o diálogo também mereceu destaque da presidente da Subseção de Canoas, Eugênia Reichert. “Nem sempre foi assim na história da nossa Ordem. Ter acesso ao presidente, quando comecei na carreira, era algo quase inimaginável. Temos um presidente muito perto da realidade da advocacia gaúcha”, frisou Eugênia. O encontro também teve o prestígio de três conselheiros seccionais: Neusa Bastos, Rodrigo Cassol, Matheus Ayres Torres e Josias dos Santos.

Na sua explanação, Breier relembrou conquistas importantes para a advocacia gaúcha, incluindo demandas repassadas pela jovem advocacia. “Incluímos, neste ano, na nossa tabela de honorários, a categoria de advogado correspondente. Essa foi uma situação trazida pelos novos profissionais, incomodados com alguns abusos. Foi, inquestionavelmente, uma conquista”, lembrou. O presidente da Ordem gaúcha também destacou que será criada uma campanha pela valorização entre os colegas. “É preciso que os advogados façam denúncias. Não é possível aceitar a realização de audiências por 20 ou 30 reais”, destacou.

O presidente da OAB/RS elogiou a participação da jovem advocacia em diferentes subseções, citando as atuações de Jorge Marquesan Júnior, em Cruz Alta; Mariana Melara Reis, em Canela/Gramado; Carine Santos Martini, em Igrejinha e Roger Eridson Dorneles, em Sapucaia do Sul. “A OAB/RS é a entidade de todos os advogados. Temos de participar, ser mais atuantes, acompanhar o noticiário e celebrar novas conquistas. E a jovem advocacia tem um papel fundamental, oxigenando as diretorias”, destacou Breier. “Temos de preparar novas lideranças para o futuro. E, na base da meritocracia, os reconhecimentos sempre acontecem. Tudo tem o seu tempo dentro da Ordem”, completou.

Durante a sua explanação, Breier relembrou algumas conquistas recentes da OAB/RS e um investimento histórico: o OAB/RS Cubo. O presidente frisou que a criação de salas de atendimento para a jovem advocacia dentro de subseções pode ser uma realidade em breve. “A Ordem tem o dever de cuidar dos advogados, prestando a devida assistência para a qualificação o trabalho”, reforçou.

O bate-papo com Breier foi acompanhando de um jantar informal. Este modelo de atividade deverá ser replicado em outras CEJAs do Estado, principalmente as da Região Metropolitana.